Opinião

É preciso arrancar alegria ao futuro

O verso que estampa o título deste artigo, extraído de um poema de Vladimir Maiakovski, é um imperativo para enfrentarmos a grave situação do Brasil – uma nação sem perspectiva e sem futuro. Mas, para isso, é necessário que as organizações dos trabalhadores comecem a debater, desde já, um projeto radical, que responda aos principais problemas do povo e do país.